O que são e como são formados os raios

(0 avaliações)

Raios são descargas elétricas produzidas dentro das nuvens de uma tempestade. As cargas elétricas da nuvem atraem as cargas elétricas do solo. Depois de um tempo, as cargas do solo sobem em direção à nuvem e as cargas elétricas da nuvem descem em direção ao solo. Esse é o caminho do raio.


Quando as duas cargas se encontram, acontece a descarga, formando um raio brilhante caindo do céu em direção à terra. Com o raio, um enorme clarão luminoso, conhecido como relâmpago, se forma à sua volta e, um pouco depois, escutamos o famoso trovão.

Raios, relâmpagos e trovões aparecem em nuvens conhecidas como Cumulus Numbus que se formam a cerca de 20 quilômetros do chão. Os raios caem procurando os pontos mais altos como montanhas, árvores, telhados, torres e antenas. Em um único raio, é percorrida uma corrente elétrica que pode variar de 2.000 Amperes até 100.000 Amperes (um chuveiro tem corrente de apenas 30 Amperes). Por esta razão, pára-raios são instalados em lugares altos, protegendo as áreas ao redor.

O pára-raio foi uma invenção de Benjamin Franklin, o mesmo cientista que descobriu a energia elétrica.

Os danos causados por um raio podem ser catastróficos, muitas vezes até letais. Portanto, certifique-se sempre que sua empresa, seu condomínio ou seu estabelecimento comercial estejam com um adequado e bem conservado sistema de pára-raios instalado. Procure uma boa empresa de engenharia para medição e dimensionamento do seu sistema e garanta a segurança de seu patrimônio, de seus funcionários e de sua família.

compartilhar

share on facebook share on linkedin share on twitter

Entre em contato

Teremos prazer em atendê-los e conversar sobre novos assuntos e projetos. Deixe uma mensagem e, com muita satisfação, retornaremos.

 deixar mensagem